Brandili amplia expedição automatizada

Com estrutura de estocagem e atendimentoautomatizado, a Brandili é pioneira no setor têxtil com a primeira expedição robotizada da América Latina. Com isso, o processo de estocagem, separação e expedição ganhou mais segurança, agilidade e capacidade de estoque vertical, ocupando menos espaço físico e dando maior capacidade de tráfego para as caixas de armazenamento. Agora, a empresa amplia o setor com a aquisição de um quarto robô. O investimento foi de R$ 5 milhões, que se soma aos cerca de R$ 20 milhões investidos nas primeiras etapas do sistema, que começou a ser implantado há quatro anos.

Com a aquisição do quarto robô haverá um aumento de 30% na capacidade de atendimento de pedidos e de estocagem da área de Expedição. “Antes da automação, a produtividade média de separação tradicional e manual era de 300 peças por operador/hora.

Nas primeiras etapas de implantação do novo sistema, que contou com três robôs e foi concluída em julho de 2016, houve um expressivo ganho de produtividade com 1,5 mil peças separadas por hora/operador e estoque de 21 mil caixas verticalizadas. Agora a previsão é de 2 mil peças separadas por hora/operador e estoque de 29 mil caixas”, comenta Jonas Rahn, Supervisor de Expedição da Brandili.

A área total da expedição conta com cerca de quatro mil metros quadrados. Para a montagem do quarto robô foram envolvidos aproximadamente 25 profissionais, entre colaboradores e terceiros. Desde a compra até o start (operação) do robô, são cerca de 12 a 14 meses. A partir da segunda quinzena de outubro ele já passa a funcionar dentro do setor. “A etapa mais longa do processo é a fabricação do robô, pois o mesmo é customizado para atender as necessidades da Brandili. Já a montagem se divide basicamente em três etapas: montagem da estanteria, espaço onde as caixas serão armazenadas (estoque vertical); montagem dos trilhos e robô; programação e configuração do software do robô para se adequar aos processos da nossa expedição”, explica Rodrigo Raphaeli, Coordenador da Equipe de Manutenção Elétrica da Brandili.

Brandili em números

Foco: produção de moda infantil

1025 mil colaboradores diretos

300 toneladas de malha consumidas por mês

13.700 pontos de venda no Brasil

Presente em 80% das cidades brasileiras

Mais de 20 países de exportação

Veículo: Sala de Notícias

Seção: Blumenau