Modelo sueco de inovação é apresentado em Blumenau

Durante dois dias Blumenau teve a oportunidade de conhecer o modelo nórdico de inovação, na conferência internacional “Conexão Suécia”. O evento ocorreu nos dias 7 e 8 de agosto. No primeiro dia, houve uma conferência no auditório do Centro Empresarial de Blumenau e no segundo uma rodada de negócios voltada a empresas e empreendedores do ramo de tecnologia e inovação que desejam gerar negócios entre Brasil e Suécia.  O evento teve apoio da Acib, por meio dos Núcleos de Inovação e de Relações Internacionais.

O presidente do Sintex, José Altino Comper, e o diretor-executivo, Renato Valim, participaram da programação no primeiro dia. Entre os temas abordados no evento estavam o modelo sueco de open innovation; desafios e possíveis adaptações do modelo para Santa Catarina; o estilo sueco de inovação nas gigantes da indústria; inovação nas empresas catarinenses; e fatores que tornaram a Suécia o segundo país mais inovador do mundo.

 “Trabalhamos para inspirar pessoas a alcançarem suas ideias. Estamos buscando boas pessoas mais do que boas ideias”, afirmou Lars Birging, desenvolvedor de negócios no Science Park Jönköping, localizado na região Sul da Suécia. Ele detalhou os processos de desenvolvimento de startups do Sicence Park e afirmou que lá há uma boa estrutura de financiamento. Segundo Birging, não existe um modelo único para inovação. “Dentro do próprio Estado de Santa Catarina podem ser aplicados diferentes modelos, dependendo dos setores e das habilidades já existentes”, assinalou.

O Sience Park Jönköping ajuda empresas e empreendedores a encontrar o modelo de negócios certo, construir uma equipe competente, levantar capital para crescimento ou iniciar uma expansão internacional.

(Foto: Cristiane Soethe / Presse Comunicação)