Dudalina comemora 60 anos

A Dudalina festejou no última mês de maio o seu aniversário de 60 anos de fundação. Fruto do amor dos jovens Duda e Adelina, uma das principais marcas de roupa da moda nacional nasceu na cidade de Luiz Alves, no interior de Santa Catarina, no dia 3 de maio de 1957.

Três anos antes da fundação, o casal passou a administrar um pequeno estabelecimento de secos e molhados, que foi repassado pelos pais de Adelina. Enquanto Seu Duda concentrava suas ações no contato com clientes e abastecimento da loja, Dona Adelina era responsável pela parte de tecidos, confecções e armarinhos. Com o avanço e a alta demanda de estoque a partir de uma compra exagerada de Seu Duda, Dona Adelina optou por utilizar os tecidos e transformá-los em camisas. Foi justamente esse o dia considerado como o de fundação oficial da Dudalina. 

Empolgados com o negócio e almejando a expansão da marca, Duda e Adelina inauguraram duas lojas em Balneário Camboriú (SC), no ano de 1965. Enquanto o pai era responsável pelo atendimento em um dos estabelecimentos, Adelina e as filhas recebiam os clientes no outro. Entretanto, preocupado com a educação com filhos, o casal optou por se mudar para a cidade de Blumenau (SC), onde inaugurou uma nova sede em 1969. Cinco anos depois, Anselmo José, o mais velho entre os 16 filhos do casal, assumiu a presidência da Dudalina. 

Em 1977, a marca retoma suas raízes e volta a ter uma unidade fabril na cidade de Luiz Alves. Mas, três anos depois, as cheias no Vale do Itajaí afetaram a fábrica, o que culminou no apoio de colaboradores em prol da recuperação com o fato negativo. No ano de 1984, Sônia Regina Hess de Souza – sexta filha do casal e considerada a principal responsável pela ascensão da Dudalina durante o período em que foi presidente, de 2003 a 2015 - retornou ao escritório da marca depois de ficar seis anos prestando serviços a outras empresas, como forma de obter experiência em sua carreira. Ainda neste período, foi inaugurada a nova sede, no bairro de Fortaleza, em Blumenau (SC).

Com o intuito de atender as necessidades do homem moderno, a Dudalina lança a linha “Individual”, em 1987, trazendo características únicas em suas peças. Dois anos depois, Armando Hess de Souza assume a presidência no lugar do irmão Anselmo José. A exemplo da “Individual”, a marca “Base” adentra o mercado em 1994.

Eleita pelo conselho de administração, Sônia Hess de Souza assumiu a presidência da Dudalina em 2003. Três anos depois, a empresa tornou-se signatária do Pacto Global – iniciativa da ONU em defesa dos direitos humanos, do trabalho, do meio ambiente de contra a corrupção. Ainda em 2006, a companhia adentrou o varejo com as marcas “Dudalina”, “Individual”, “Base” e “Dudalina Concept”. Em seguida, no ano de 2008, a Dudalina conquistou a histórica marca de mais de 50 milhões de camisas produzidas. Porém, neste mesmo ano, a fundadora Dona Adelina faleceu aos 82 anos, deixando seu legado com um exemplo de vida marcado pelo empreendedorismo e visão estratégica. 

A companhia deu um passo importante em 2010 em virtude da criação de camisas desenvolvidas para mulheres. Rapidamente, as peças foram aceitas pelo público a exemplo dos demais produtos.  

Entre os principais prêmios em 60 anos de história, os destaques ficam por conta do Prêmio Empresa Cidadã ADVB (2011), Prêmio Conceito Varejista (2011) e Prêmio Empresa Cidadã ADVB (2012). Se tratando de reconhecimentos individuais, Sônia foi contemplada como a Personalidade de Vendas pela ADVB em 2012, sendo a primeira mulher a levar a conquista em 50 anos.  

Fonte: Com informações da Abit